Blog

Pesquisar
Close this search box.

Como aumentar a produtividade da minha fazenda?

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo

Sumário

O agronegócio é uma das principais atividades econômicas do país e, para garantir a competitividade do setor, é fundamental que os produtores rurais busquem formas de otimizar sua produtividade. Para isso, focar no aumento do lucro da fazenda e redução de custos precisam ser prioridades na gestão de empreendimentos rurais. 

Mas, para que isso seja possível, é importante estruturar cada etapa dos processos para gerar eficiência. Melhorias como aproveitar ao máximo o terreno disponível, especialmente para pequenos produtores que querem reduzir as incertezas das suas lavouras e assim conseguir a melhor performance possível sem precisar expandir suas terras. 

Com os investimentos certos, é possível aumentar a produção rural de uma propriedade agrícola sem necessariamente incorporar novas áreas. Técnicas inovadoras de manejo do solo, novas tecnologias e modelos de administração profissionais podem maximizar os resultados das lavouras e estão transformando a agricultura brasileira.

Assim, se você visa ter o lucro da sua fazenda aumentado é preciso estar preparado para conduzir as atividades da sua propriedade com maior profissionalismo, tomando as atitudes mais precisas possível para conseguir aumentar seus lucros. E foi pensando em ajudar nessa importante etapa que separamos aqui algumas orientações práticas. Então, continue lendo e confira!

Faça uso do plantio direto sempre que possível

O Sistema de Plantio Direto (SPD) é uma técnica de manejo do solo que consiste em semear as culturas agrícolas diretamente na palha da cultura anterior, sem a necessidade de arar ou gradear o solo. Esse sistema é baseado na conservação dos restos vegetais da cultura anterior, que servem como cobertura para o solo, protegendo-o da erosão, aumentando a infiltração de água e melhorando a estrutura do solo.

O SPD é uma prática de manejo bastante utilizada quando o objetivo é diminuir os custos de preparo do solo. Ao mesmo tempo, ela ajuda a evitar riscos como a erosão e a perda de nutrientes decorrentes da compactação do solo.

O SPD funciona da seguinte forma: após a colheita da cultura anterior, os restos vegetais são deixados na superfície do solo, formando uma cobertura. Em seguida, é feita a semeadura da cultura seguinte diretamente na palha, utilizando uma semeadora específica para esse sistema. Como a palha protege o solo, não é necessário arar ou gradear, o que reduz o uso de maquinário e o consumo de combustíveis fósseis.

Nesse sistema, ao manter a palhagem e os restos de vegetais de outras culturas no solo, a prática ajuda a protegê-lo. Além disso, auxilia no fornecimento de nutrientes para determinada área do plantio. O uso dessa matéria orgânica pode reduzir a necessidade de fertilizantes para as próximas culturas, gerando economia para o produtor.

Para um pequeno produtor adotar o SPD em sua fazenda, é importante seguir algumas orientações. Em primeiro lugar, é necessário fazer uma análise do solo para verificar se ele está apto para o sistema. Em seguida, é importante escolher as culturas que serão plantadas, levando em consideração a rotação de culturas e a compatibilidade entre elas.

Aproveite os benefícios da agricultura de precisão

A agricultura de precisão é uma prática agrícola que utiliza tecnologias avançadas para coletar e analisar dados sobre as características do solo, clima e plantas. Um de seus principais objetivos é otimizar o uso dos recursos e aumentar a produtividade da fazenda. Isso porque, esse sistema permite uma gestão mais eficiente e precisa dos recursos, reduzindo custos e aumentando a qualidade e quantidade da produção.

Na agricultura de precisão, a coleta de dados sobre o solo é feita através de sensores que medem a umidade, a fertilidade e outros parâmetros importantes. Esses dados são analisados por softwares específicos que geram mapas de produtividade. 

Estes mapas são utilizados para identificar as áreas da propriedade que apresentam maior ou menor produtividade. Com base nesses mapas, é possível fazer a aplicação de insumos (como fertilizantes e defensivos) e realizar outras atividades de manejo de forma mais precisa e eficiente. 

Dessa forma, a técnica acaba reduzindo o uso desnecessário de recursos e aumentando a produtividade. Além disso, a agricultura de precisão permite a identificação e correção de problemas em tempo real, o que pode prevenir perdas e aumentar a eficiência do manejo. 

Na hora de implementar a agricultura de precisão é necessário estar disposto a investir em tecnologia específicas para obter todo o potencial. Além disso, é importante fazer um planejamento adequado, identificando as áreas da propriedade que apresentam maior ou menor produtividade e definindo as estratégias de manejo mais adequadas.

Outra opção pode ser a contratação de empresas especializadas em agricultura de precisão, que oferecem serviços de coleta e análise de dados, além de orientações para a adoção das técnicas mais adequadas para cada caso.

Ao adotar a agricultura de precisão, o pequeno produtor pode obter diversos benefícios, como a redução dos custos com insumos e o aumento da produtividade e da qualidade da produção. A técnica também contribui para a preservação do meio ambiente, pois permite um uso mais eficiente dos recursos agrícolas e reduz o impacto da atividade sobre o solo e a água.

Utilize insumos de qualidade

Os insumos são fundamentais para o desenvolvimento das lavouras e dos animais da fazenda. Utilizar insumos de qualidade pode trazer benefícios importantes para a produtividade da fazenda, como um melhor desenvolvimento das plantas e uma maior resistência a pragas e doenças. Além disso, insumos de qualidade podem contribuir para a produção de alimentos mais saudáveis e de maior valor agregado, o que pode aumentar a rentabilidade da fazenda.

Outra vantagem de utilizar insumos de qualidade na fazenda é a redução dos riscos de contaminação do solo e dos alimentos produzidos. Quando são utilizados insumos de baixa qualidade ou em excesso, podem ocorrer problemas como a contaminação do solo por metais pesados e a presença de resíduos de agrotóxicos nos alimentos. 

Com isso, o produtor reduz os riscos de contaminação e aumenta a segurança alimentar dos consumidores, o que pode resultar em uma maior aceitação dos produtos no mercado. Além disso, a utilização de insumos de qualidade pode contribuir para a adoção de práticas de agricultura sustentável, que visam a preservação do meio ambiente e a produção de alimentos saudáveis e de alta qualidade.

Adote a tecnologia no seu cotidiano

A tecnologia tem se mostrado uma grande aliada para aumentar a produtividade rural. Não apenas através da agricultura de precisão mas também pela utilização de sistemas de gestão que ajudam a organizar e automatizar processos. Com a internet, é possível estabelecer conexões com outros produtores e fornecedores, resultando em novas parcerias e soluções mais vantajosas para aquisição de equipamentos. 

As máquinas agrícolas estão cada vez mais tecnológicas e interconectadas, com sensores e softwares de processamento automático de dados, o que contribui para a precisão das decisões no campo. 

No entanto, o grande desafio é conseguir fazer mais com menos, gerando mais resultados com responsabilidade ambiental e social. Nesse contexto, a tecnologia surge como uma ferramenta importante para otimizar a produção, organizar informações e tomar decisões mais precisas e eficientes no campo.

Se precisa de ajuda para começar a implementar tecnologias e processos para aumentar a produtividade da sua fazenda, conte com o SEBRAE! 

Oferecemos uma série de conteúdos, cursos, orientações práticas e consultorias com foco exclusivo no Agronegócio. Nesse sentido, as consultorias oferecidas pelo Sebrae podem ser uma excelente oportunidade para conhecer novas tecnologias disponíveis no mercado e aprender a utilizá-las de forma estratégica em suas fazendas. 

Além disso, as consultorias podem ajudar a identificar as necessidades específicas de cada propriedade e oferecer soluções personalizadas para aumentar a produtividade e a rentabilidade. Convidamos os produtores rurais a conhecerem as opções de consultorias oferecidas pelo Sebrae e a aproveitarem as oportunidades de capacitação e inovação para suas atividades agrícolas.

Conte com o SEBRAE! Conheça nossas soluções e aproveite os conteúdos clicando AQUI ou procure a unidade mais próxima.

Compartilhe

Sobre o autor

Ana Débora

Ana Débora

Graduada em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, especialista em Gestão de Pessoas e Marketing. Atua na Unidade de Soluções e Relacionamento e é gestora das Mídias Sociais do Sebrae/RN.

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.