Blog

Pesquisar
Close this search box.

Gestão Lean: O que é  e como começar a aplicar na sua empresa

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo

Sumário

Imagine um negócio enxuto, no qual os processos fluem sem atritos ou falhas na comunicação, os recursos são otimizados e o desperdício é mínimo. Parece o cenário dos sonhos? Esse é o cerne da Gestão Lean, uma abordagem que nasceu nas linhas de produção da Toyota no Japão e se espalhou por todo o mundo, impactando empresas de todos os tamanhos e setores.

Você já ouviu falar nessa metodologia? Se não, está prestes a mergulhar em um universo de eficiência e produtividade que pode revolucionar o seu negócio. Se já tem familiaridade com o tema, saiba que sempre há mais a aprender e a aprimorar. Afinal, o mundo dos negócios está em constante evolução, e a busca pela eficiência é uma jornada contínua. Continue lendo e confira mais sobre Gestão Lean!

A origem do termo ‘Gestão Lean’

Em uma tradução literal, a palavra “lean” significa “enxuto”. Dessa forma, trata-se de um método que utiliza apenas os recursos estritamente necessários para realizar um trabalho, etapa ou processo específico, evitando desperdício e buscando continuamente melhorias.

A origem do conceito remonta à década de 1980, quando começou a ser chamado de “Lean Manufacture” (Manufatura Enxuta). Inicialmente, seu foco estava na otimização da produção de veículos na indústria japonesa, com a Toyota sendo um exemplo notável ao adotá-lo após a Segunda Guerra Mundial. 

No entanto, o Lean ganhou destaque global graças ao professor James P. Womack, do MIT (Massachusetts Institute of Technology), que difundiu amplamente o conceito por meio de seu livro “A Máquina que Mudou o Mundo”, escrito em parceria com Daniel T. Jones e Daniel Roos e publicado em 1990. Nessa obra, Womack detalhou seu estudo sobre a indústria automobilística, com foco principal na Toyota. 

Atualmente, o sistema de produção Lean pode ser aplicado em diversos modelos de gestão, abrangendo empresas que oferecem produtos e serviços, especialmente quando combinado com frameworks ágeis. Uma das principais vantagens dessa abordagem, quando aplicada à gestão de empresas, é a minimização de desperdícios em diversas áreas.

Seguindo os princípios do Lean, líderes e gestores têm a capacidade de otimizar o uso do tempo de seus colaboradores e aumentar a eficiência de suas equipes a partir de alguns pilares.

A importância da Gestão Lean está em seus pilares

Identificar e resolver entraves nos processos 

A Gestão Lean enfatiza a importância de identificar e solucionar problemas nos processos de trabalho. Investigando suas causas, visando desenvolver e implementar soluções para evitar reincidências. Assim, não apenas resolvendo questões imediatas, mas também aprimorando a eficiência operacional como um todo.

Ênfase na priorização das demandas

Priorizar é um pilar fundamental na Gestão Lean. Líderes e equipes colaboram na identificação das principais tarefas e projetos do período, baseados em critérios como urgência, valor e risco. Isso permite que os recursos sejam alocados com eficácia, direcionando o foco para atividades estratégicas e evitando a dispersão de esforços.

Otimizar o fluxo de trabalho

Otimização do fluxo de trabalho é um dos pilares da gestão lean

Se o assunto é produtividade, a clareza no fluxo de trabalho é essencial. Por isso, na Gestão Lean, este é um pilar de grande relevância. Isso significa que todas as etapas dos processos devem ser transparentemente documentadas e comunicadas ao time. 

É possível iniciar esse trabalho por meio de ferramentas e outros recursos com foco na eliminação de obstáculos na comunicação. Por meio desse enfoque, é possível garantir que as informações fluam de maneira precisa, prevenindo mal-entendidos e atrasos prejudiciais à eficiência.

Suporte para entregas de alta performance

Impulsionar o tempo e a qualidade das entregas é alcançada quando a equipe recebe suporte adequado. Isso inclui acesso a recursos, treinamento, capacitação e um ambiente de trabalho colaborativo e inovador.

Líderes desempenham um papel crucial na remoção de obstáculos que possam prejudicar a equipe, fornecendo orientação e criando condições favoráveis ao sucesso. Esse apoio possibilita a manutenção de um fluxo de trabalho constante e a entrega consistente de resultados de alta qualidade.

É importante observar que a metodologia Lean está estreitamente relacionada ao Manifesto Ágil, que também propõe uma série de práticas para simplificar e tornar mais eficiente o desenvolvimento de projetos.

→ Aproveite para conferir nosso ebook completo sobre Métodos Ágeis

Como começar a aplicar a Gestão Lean nos meus processos?

Agora que você entende a importância da Gestão Lean, vamos explorar como começar a implementá-la na sua empresa, passo a passo:

Passo 1: Identifique como agregar valor

A base da Gestão Lean é identificar o que o cliente valoriza. Isso envolve uma profunda compreensão das necessidades e expectativas dos consumidores. Realize pesquisas de mercado, converse com sua base atual e analise os dados para determinar o que realmente importa.

Passo 2: Mapeie e aprimore o fluxo de trabalho

Compreender como o valor é criado e entregue é fundamental. Mapeie todo o processo de produção ou prestação de serviços, desde a matéria-prima até a entrega ao cliente. Identifique os pontos de desperdício, atrasos e gargalos.

Passo 3: Elimine desperdícios

Uma vez identificados os desperdícios, comece a eliminá-los. Isso pode envolver a simplificação de processos, a redução de estoques, a automação de tarefas e a padronização de atividades.

Passo 4: Crie um fluxo contínuo

Busque criar um fluxo contínuo de trabalho, onde as atividades fluem sem interrupções. Isso reduzirá os tempos de espera e melhora a eficiência.

Passo 5: Adote a produção puxada

Ao optar pela produção puxada o negócio se compromete a produzir apenas o que é demandado, no momento em que é necessário, alinhando-se com a demanda real dos clientes. 

Esse método previne o excesso e minimiza o desperdício. Produzir apenas o que o cliente solicita evitará estoques ou horas de trabalho em excesso e garantirá que você esteja atendendo às necessidades reais do mercado.

Passo 6: Avalie e busque melhorias contínuas

A Gestão Lean é uma jornada contínua de melhoria. Sempre busque maneiras de aprimorar os processos e eliminar qualquer desperdício remanescente. Envolver sua equipe nesse processo é fundamental, pois ninguém conhece melhor o trabalho do que aqueles que o realizam diariamente.

Como consequência, sua empresa se tornará mais ágil, possibilitando respostas rápidas às demandas dos clientes. E na hora de aprimorar seus processos conte com o Sebrae! Nós oferecemos consultorias, conteúdos, atendimento personalizado e treinamentos para ajudar você, empreendedor, a aprimorar suas habilidades de liderança e se destacar no mercado. Aproveite para participar da nossa Trilha de Liderança.

Compartilhe

Sobre o autor

Ana Débora

Ana Débora

Graduada em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, especialista em Gestão de Pessoas e Marketing. Atua na Unidade de Soluções e Relacionamento e é gestora das Mídias Sociais do Sebrae/RN.

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.