Blog

Pesquisar
Close this search box.

6 boas práticas para reter talento na sua empresa

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo

Sumário

A atração e retenção de talentos são peças fundamentais no quebra-cabeça do sucesso empresarial. Afinal, colaboradores satisfeitos não apenas são a melhor propaganda para atrair novos talentos, como também se tornam verdadeiros pilares de motivação e engajamento para toda a equipe. Neste artigo, abordaremos seis práticas essenciais para valorizar e reter os melhores profissionais, criando uma relação sólida e duradoura junto ao time.

Antes de mergulharmos nas dicas, é importante compreender que a retenção de talentos não se limita a um processo isolado, mas sim a um conjunto de ações que devem acompanhar todo o ciclo de vida do colaborador na empresa. Desde o recrutamento e seleção até a sua trajetória como membro da equipe, é crucial que o setor de recursos humanos esteja atento para proporcionar um ambiente atrativo e enriquecedor.

Uma das bases para reter talentos é a forma como os colaboradores percebem o ambiente organizacional. Com isso em mente, é primordial compreender suas expectativas e objetivos para desenvolver um sentimento genuíno de pertencimento. Ao sentir que seus valores se alinham com os da empresa, os profissionais tendem a permanecer engajados e motivados, reduzindo as chances de insatisfação e rotatividade.

Além disso, a retenção de talentos também é uma estratégia poderosa para atrair novos profissionais que se identificam com a cultura e propósitos da empresa. Colaboradores felizes e satisfeitos se tornam promotores naturais, compartilhando suas experiências positivas com amigos e contatos profissionais, o que aumenta a atração de talentos que buscam um ambiente de trabalho estimulante e acolhedor.

O desafio da retenção de talentos não é simples nem fácil, exigindo dedicação e conhecimento do setor responsável. É preciso estar constantemente atualizado sobre as tendências do mercado e, principalmente, entender as necessidades e expectativas dos colaboradores para oferecer soluções eficazes.

Por isso, continue a leitura e confira algumas dicas de ouro!

Desvendando os segredos da motivação

O que realmente motiva profissionais e determina a retenção de talentos pelas empresas? A série Talent 2020, pesquisa da Deloitte sobre gestão de talentos, constatou que 42% dos entrevistados buscam novas oportunidades quando sentem que suas habilidades não são valorizadas e que não há perspectivas de crescimento na carreira.

Já no relatório Tendências Globais de Capital Humano 2023 a Deloitte foca em destacar essa relação de trabalho em um mundo em constantes mudanças. As fronteiras que antes eram consideradas a ordem natural das coisas estão desaparecendo à medida que a disrupção e a descontinuidade desafiam modelos tradicionais de trabalho. Segundo o estudo, organizações e colaboradores devem atravessar juntos essa nova paisagem, contando com um novo conjunto de fundamentos, co-criando novas regras, novos limites e uma nova relação.

Surpreendentemente, a relação entre dinheiro e satisfação no trabalho não é o principal fator para reter talentos. Embora o salário seja um dos principais itens da lista de prioridades, ocupa a última posição quando se trata dos fatores que o levam a deixar o emprego. Isso se deve ao fato de que a motivação financeira não cresce ao longo do tempo.

Aumentar o salário e oferecer incentivos financeiros pode ser uma estratégia temporária, mas não será eficaz se o profissional valorizar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Nesse sentido, investir em iniciativas como horário flexível ou carga horária reduzida pode ser uma opção muito mais segura para manter a equipe motivada.

No entanto, além do aspecto financeiro, outros elementos são essenciais para reter e motivar colaboradores. O reconhecimento pessoal, metas e desafios tangíveis, estabilidade no emprego, expectativa de crescimento na carreira, comunicação direta, acessível e transparente, bem como a presença de lideranças inspiradoras, são ingredientes fundamentais para compor a receita do sucesso na retenção de talentos. 

Ao proporcionar valorização do trabalho e qualidade de vida aos colaboradores, as empresas podem criar um ambiente atrativo e duradouro, fortalecendo sua equipe e alcançando resultados excepcionais.

Dicas para melhorar a retenção de talentos 

  1. Promova uma comunicação clara e empática 

Promover espaços de diálogo acolhedores e comunicar as ações da empresa de forma clara é essencial. Isso ajuda os colaboradores a se sentirem seguros para se expressar e abertos para receber feedback, fortalecendo as relações de trabalho. Além disso, transmite expectativas de forma clara e facilita o feedback construtivo. 

A empatia cria conexões emocionais com os colaboradores, permitindo compreender suas perspectivas e oferecer suporte genuíno. Quando os colaboradores se sentem ouvidos, valorizados e apoiados, sua motivação e lealdade à empresa aumentam, contribuindo para um ambiente de trabalho saudável e motivador. Por isso, uma comunicação clara e empática fortalece relações, reduz conflitos e favorece a coesão da equipe, tornando-a mais preparada para alcançar os objetivos organizacionais, garantindo assim a retenção de talentos a longo prazo.

  1. Desenvolva iniciativas para o bem-estar do time 

Priorizar a saúde física, emocional e financeira dos colaboradores é fundamental para reter talentos. Em um cenário onde questões psicológicas estão cada vez mais presentes, ações voltadas para o bem-estar devem ser vistas como uma prioridade. 

Iniciativas para o bem-estar do time desempenham um papel crucial na retenção de talentos e na criação de um ambiente de trabalho positivo e acolhedor. Oferecer benefícios como plano de saúde, programas de apoio psicológico, horários flexíveis e incentivos para equilíbrio entre vida pessoal e profissional demonstra o cuidado da empresa com o bem-estar dos colaboradores.

Além disso, promover atividades de integração, programas de desenvolvimento pessoal e de qualidade de vida ajuda a fortalecer o senso de pertencimento e aumentar a satisfação dos colaboradores.  

  1. Ofereça reconhecimento e um bom pacote de benefícios

O reconhecimento é um dos principais impulsionadores da motivação dos profissionais. Parabenize os funcionários por suas conquistas e trabalhos bem feitos. Isso os faz sentir valorizados e contribui para um ambiente de trabalho estimulador. 

O reconhecimento pode ser em forma de benefícios, bonificações ou um simples agradecimento da empresa. Isso ajuda a criar um ambiente saudável e encorajador entre os colegas de trabalho. Um alto salário nem sempre é suficiente para reter talentos; portanto, é fundamental oferecer outros benefícios como:

  • Plano de saúde familiar;
  • Auxílio-creche;
  • Convênio com academias;
  • Parcerias com instituições de ensino;

Entre outros.

  1. Tenha um plano de carreira bem definido para cada posição

Crie um plano de carreira sólido dentro da empresa, proporcionando aos colaboradores uma visão clara do futuro. Dessa forma, eles saberão quais são as possibilidades de crescimento e como podem alcançar seus objetivos de carreira.

Um plano de carreira claro e estruturado motiva os colaboradores a permanecerem na empresa. Realizar avaliações de desempenho periódicas pode embasar a criação de um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) com objetivos, metas e prazos bem definidos.

  1. Realize pesquisas de clima organizacional

Faça pesquisas organizacionais para conhecer melhor seus colaboradores, suas formações, interesses e habilidades. Direcione-os para as vagas mais compatíveis com seus perfis, o que contribui para a retenção de talentos, pois quando ocupam posições adequadas, tendem a ficar mais satisfeitos.

Monitorar a satisfação dos colaboradores para garantir que as ações de retenção sejam eficazes. Realizar pesquisas de clima organizacional é fundamental para entender como os colaboradores se relacionam dentro da empresa e manter um ambiente equilibrado. Reuniões individuais ou coletivas para oferecer e receber feedbacks, indicadores de satisfação e desempenho são recomendados.

  1. Invista na formação de boas lideranças

Uma liderança bem preparada faz toda a diferença na retenção de talentos. Segundo dados da PageGroup, cerca de 80% dos profissionais deixam seus empregos devido à insatisfação com a liderança a qual estão subordinados. O diretor da empresa sediada no Reino Unido, Michael Page, afirma no relatório que “o desempenho abaixo do esperado de um líder é a principal razão apontada tanto por aqueles que deixam a empresa quanto por aqueles que estão desanimados com seus empregos“.

Se investir na capacitação dos colaboradores já é importante, no caso dos líderes que precisam lidar com colaboradores plurais e orientá-los em meio aos desafios do mundo do trabalho, torna o tópico ainda mais relevante.

O gestor deve compreender que a produtividade e satisfação da equipe dependem da eficiência das suas habilidades de liderar. A gestão baseada na inteligência emocional, assertividade e motivação é ideal para alcançar os objetivos da empresa. 

Pensando nisso, o Sebrae elaborou a Trilha Lidere Talentos: como gerir uma equipe de sucesso. Nela você vai entender melhor como se desenvolver como líder e manter os colaboradores ainda mais engajados. Confira!

Compartilhe

Sobre o autor

Ana Débora

Ana Débora

Graduada em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, especialista em Gestão de Pessoas e Marketing. Atua na Unidade de Soluções e Relacionamento e é gestora das Mídias Sociais do Sebrae/RN.

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.