Blog

Pesquisar
Close this search box.

SEO para empresas: como começar a fazer?

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo

Sumário

Você já se perguntou como os mecanismos de busca, como o Google, decidem quais sites aparecem no topo quando você pesquisa algo? A resposta é: SEO – sigla para Search Engine Optimization, ou Otimização para Mecanismos de Busca.

O SEO é um dos pilares fundamentais para o sucesso online de qualquer empresa nos dias de hoje. Quando aplicado corretamente, ele pode aumentar significativamente a visibilidade, direcionar tráfego qualificado para o seu site e, consequentemente, impulsionar o crescimento dos negócios. 

Imagine os mecanismos de busca como grandes bibliotecas que possuem funcionários – os web crawlers – que nos ajudam a depositar, catalogar e a encontrar informações na internet. Eles fazem isso classificando e organizando todos os sites disponíveis. 

Agora, aqui está a parte importante: esses crawlers não leem exatamente cada página da web, eles usam algoritmos para decidir quais páginas são as mais relevantes para uma pesquisa.

Continue lendo e entenda mais sobre SEO e como começar a aplicar no seu negócio!

Então, o que é SEO?

O SEO é como um guia para melhorar esses “catálogos virtuais” de conteúdo. É um conjunto de estratégias e técnicas que você usa no seu site para fazer com que esses mecanismos de busca o vejam como a resposta perfeita para as perguntas das pessoas.

Em outras palavras, o SEO ajuda você a subir nos rankings de pesquisa e a aparecer no topo quando alguém pesquisar algo relacionado ao seu negócio. É como ganhar um lugar na prateleira mais visível da biblioteca para que as pessoas encontrem o conteúdo da sua empresa primeiro – ou seja, sendo o primeiro “livro” a ser visto.

A história e evolução do SEO

Para compreender completamente o SEO, é importante conhecer sua história e evolução ao longo dos anos. As práticas como conhecemos hoje são produto de várias fases de desenvolvimento e mudanças significativas desde sua concepção.

Os primórdios dos mecanismos de busca

O SEO, em sua forma mais rudimentar, começou na década de 1990, logo após o surgimento da World Wide Web. Nessa época, os mecanismos de busca ainda estavam engatinhando, e a web consistia principalmente em páginas estáticas de texto. A otimização nesses dias era relativamente simples, envolvendo principalmente a inclusão de palavras-chave relevantes nos conteúdos das páginas da web.

O boom do SEO no início dos anos 2000

À medida que a web crescia, os mecanismos de busca se tornavam mais sofisticados. O Google, fundado em 1998, rapidamente se tornou o mecanismo de busca líder, graças ao seu algoritmo PageRank, que classificava páginas com base em links de qualidade. Isso deu início a uma era de maior competição nas buscas.

Os profissionais de marketing digital começaram a explorar técnicas mais avançadas para impulsionar o conteúdo e melhorar o ranking de seus sites. Isso incluiu a criação de links de forma massiva, preenchimento de palavras-chave e outras práticas duvidosas. Nesse período, o SEO estava focado principalmente em superar os algoritmos dos mecanismos de busca.

A era da qualidade e da experiência do usuário

Com o aumento na competição nas buscas e consequente volume de práticas duvidosas – conhecidas como Black Hat, os mecanismos passaram a penalizar sites que usavam essas táticas de SEO enganosas. Isso levou a uma mudança de paradigma no SEO, que se concentrou cada vez mais na criação de conteúdo de qualidade e na melhoria da experiência do usuário.

O Google lançou uma série de atualizações de algoritmos, como o Panda, o Penguin e o Hummingbird, que visavam recompensar sites com conteúdo útil e relevante. Isso também levou ao surgimento do marketing de conteúdo, onde a criação de conteúdo valioso se tornou o cerne das estratégias de SEO.

Hoje, o SEO é uma disciplina multifacetada que abrange muitos aspectos do marketing digital. Além do conteúdo de qualidade, ele inclui otimização técnica, estratégias de construção de links, pesquisa de palavras-chave, análise de concorrentes e muito mais. O SEO também se expandiu para englobar a busca por voz, dispositivos móveis e localização geográfica.

Tipos de SEO

  • SEO On-Page: Envolve otimizar elementos dentro do seu site, como palavras-chave, títulos, tags de cabeçalho, imagens e URLs.
  • SEO Off-Page: Trata-se de atividades externas ao seu site que impactam seu ranking, como construção de links de qualidade e presença nas redes sociais.
  • SEO Técnico: Concentra-se na infraestrutura do seu site, garantindo que ele seja rápido, seguro, compatível com dispositivos móveis e fácil de rastrear pelos mecanismos de busca.
  • SEO Local: É voltado para negócios locais, com otimizações focadas em pesquisas baseadas em localização, como “restaurantes próximos” ou “advogados em Natal”

A importância do SEO para empresas

Antes de mergulharmos nas estratégias e técnicas de SEO, é crucial entender por que ele é tão importante para as empresas:

1. Maior visibilidade

A primeira página de resultados de mecanismos de busca, como o Google, é onde a maioria das pessoas encontra informações online. O SEO ajuda a sua empresa a conquistar uma posição nessa primeira página, aumentando a visibilidade e as chances de ser encontrada por potenciais clientes.

2. Atrair tráfego qualificado

O SEO não se trata apenas de atrair mais tráfego, mas de atrair o tipo certo de tráfego. Ao otimizar seu site para palavras-chave relevantes, você atrai visitantes que estão procurando exatamente o que você oferece, aumentando as chances de conversão.

3. Credibilidade e confiança

Os motores de busca tendem a classificar sites otimizados como mais confiáveis. Portanto, investir em SEO pode melhorar a reputação da sua empresa online e aumentar a confiança dos consumidores.

4. Melhor experiência do usuário

O SEO não envolve apenas palavras-chave; também se concentra na experiência do usuário. Um site bem otimizado é rápido, responsivo e fácil de navegar, proporcionando uma experiência positiva aos visitantes.

Como começar a aplicar o SEO na minha estratégia

Agora que compreendemos a importância do SEO, é hora de dar os primeiros passos:

Pesquisa de palavras-chave

A pesquisa de palavras-chave é o ponto de partida para qualquer estratégia de SEO. Use ferramentas como o Google Keyword Planner para identificar palavras-chave relevantes para o seu negócio. É fundamental avaliar e documentar aqui fatores como volume de busca e o grau de dificuldade para ser o primeiro colocado. Considere investir na produção de conteúdos para palavras-chave de cauda longa (long tail keywords), que são mais específicas e têm menos concorrência. 

Otimização de conteúdo

Crie conteúdo de alta qualidade e relevante em torno das palavras-chave que você identificou. Isso pode incluir postagens de blog, páginas de produtos ou serviços, cases de sucesso e até mesmo vídeos. Para ser bem rankeado nas SERPs certifique-se de que o conteúdo seja informativo e útil para os visitantes.

Estrutura do site

A estrutura do seu site desempenha um papel crucial no SEO. Certifique-se de que seu site seja fácil de navegar, com uma arquitetura lógica de links. Use URLs amigáveis para SEO e crie um sitemap XML para ajudar os motores de busca a rastrear seu site.

→ Não deixe de acessar o Guia do próprio Google sobre Sitemaps

Otimização On-Page

A otimização on-page contempla a inclusão de palavras-chave nas meta descrições, títulos, tags de cabeçalho e no próprio corpo do conteúdo. Também é importante otimizar imagens, visando melhorar a velocidade de carregamento da página e tornar o site acessível em dispositivos móveis.

→ Confira dicas do próprio Google para te ajudar nessa

Link Building

A construção de uma estratégia de links é uma parte de grande importância do SEO. Link building, em SEO, é a prática de obter backlinks de domínios de alta qualidade para o seu site – ou seja, outros sites referenciado seu conteúdo. 

Esses backlinks são essenciais para aumentar a autoridade do seu site e melhorar sua classificação nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa. O Google considera os links de outros sites importantes para determinar a relevância e confiabilidade do seu conteúdo. Procure oportunidades para obter backlinks de qualidade de sites relevantes e autoritários. Evite práticas de construção de links duvidosos, como a compra de links.

Monitoramento e Análise

Utilize ferramentas de análise, como o Google Analytics e o Google Search Console, para obter dados precisos e que ajudem a guiar os próximos passos da estratégia. Alguns dos principais indicadores para ficar de olho na execução de uma estratégia de SEO:

  • Classificação de palavras-chave: Verifique se suas palavras-chave alvo estão subindo nas posições do mecanismo de busca.
  • Volume de tráfego orgânico: Acompanhe o aumento no tráfego proveniente de mecanismos de busca.
  • Taxa de cliques (CTR): Observe se a taxa de cliques nas suas páginas nos resultados de pesquisa está aumentando.
  • Taxa de conversão: Avalie se o tráfego orgânico está se convertendo em ações desejadas, como vendas ou inscrições.
  • Tempo no site e taxa de rejeição: Verifique se os visitantes estão passando mais tempo no site e reduzindo a taxa de rejeição.
  • Backlinks de qualidade: Acompanhe o número e a qualidade dos backlinks para seu site.
  • Indexação do mecanismo de busca: Certifique-se de que o mecanismo de busca está indexando suas páginas corretamente.
  • Análise da concorrência: Compare seu desempenho com o de concorrentes diretos nas buscas. Vale destacar aqui que nem sempre os concorrentes no mercado são os mesmos nas buscas e vice-versa. Uma doceria que investe em SEO para rankear em palavras-chave como “bolos decorados” ou “torta de limão”, muito provavelmente irá concorrer nas buscas com páginas de receita, por exemplo. Uma solução seria focar no SEO local, com palavras-chave como “bolos decorados em Natal/RN” ou “torta de limão no bairro Tirol”.

Lembre-se de que os resultados de SEO podem levar tempo para se materializar, então seja consistente e acompanhe regularmente para ajustar sua estratégia conforme necessário.

E na hora de planejar suas estratégias conte com o Sebrae! Aproveite para começar a Maratona Sebrae Na Prática – Marketing Digital!

Compartilhe

Sobre o autor

Ana Débora

Ana Débora

Graduada em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, especialista em Gestão de Pessoas e Marketing. Atua na Unidade de Soluções e Relacionamento e é gestora das Mídias Sociais do Sebrae/RN.

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.