Blog

Pesquisar
Close this search box.

6 passos para tirar sua ideia do papel e criar sua startup

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo

Sumário

Ter uma ideia inovadora é apenas o primeiro passo para empreender e montar uma startup. Transformar essa ideia em um negócio viável requer planejamento, estratégia e execução eficiente. 

Se você é um empreendedor que sonha em tirar sua startup do papel ou se já começou essa jornada, sabe bem o quão desafiador pode ser progredir no mercado competitivo.

Existem muitos empreendedores com ideias incríveis, porém, o que a maioria deles não compreende é como transformar uma excelente ideia de startup em um negócio estável e lucrativo, com um sólido respaldo financeiro.

As startups enfrentam diversas dificuldades por diferentes motivos, mas a falta de compreensão sobre esse processo parece ser a raiz de muitos problemas enfrentados por elas.

Mas o que você, como empreendedor de uma startup, pode fazer a respeito?

Definitivamente, é possível transformar sua ideia ou produto em dinheiro.

Não precisa ser apenas um sonho, pode se tornar realidade! Com planejamento e uma abordagem adequada, você pode construir uma audiência de sucesso mesmo antes do lançamento oficial da sua startup. Isso é crucial, pois, de acordo com um estudo da Harvard, 75% das startups que recebem investimento de capital de risco acabam fracassando.

Uma das estratégias que as startups bem-sucedidas adotam é preparar minuciosamente o negócio para o lançamento.

E como exatamente você pode fazer isso?

Foi exatamente pensando em te fornecer um guia para responder essa pergunta que preparamos este conteúdo.

Então, continue lendo e confira por onde começar, como se preparar para superar os desafios e aumentar suas chances de sucesso no mundo das startups!

Seis passos para tirar sua startup do papel hoje

  • Passo 01: Entenda seu mercado
  • Passo 02: Valide sua ideia
  • Passo 03: Elabore seu plano de negócios
  • Passo 04: Monte uma equipe talentosa
  • Passo 05: Busque fontes de financiamento
  • Passo 06: Estabeleça parcerias estratégicas

Passo 01: Entenda seu Mercado: Como identificar os clientes corretos?

De acordo com dados da CB Insights, 42% das startups fracassam devido à falta de necessidade de mercado para o produto delas. Muitas lideranças à frente de startups acabam se apaixonando pela própria ideia e deixando pontos de extrema relevância em segundo plano. 

Ter um público-alvo bem definido é fundamental para o sucesso do seu negócio, mas não se esqueça também da importância das personas. É preciso entender as necessidades e problemas específicos dessas pessoas para direcionar seus esforços em oferecer soluções relevantes. 

Conheça profundamente seu público-alvo e crie personas detalhadas para melhor compreender suas motivações e desafios, assim você poderá oferecer produtos ou serviços que realmente atendam às suas demandas.

Para isso, é necessário conhecer bem os potenciais clientes, o que pode ser feito através de entrevistas, pesquisas, feedback e análise de avaliações de produtos similares. Uma boa pesquisa é fundamental, pois é a base para o desenvolvimento do produto correto. 

Criar um produto que os clientes não querem resulta em falta de demanda, dificuldade de competir, problemas de preço e marketing ineficaz. Conhecer o público-alvo desde o início e continuar aprendendo com os clientes é crucial para o sucesso de uma startup em longo prazo.

Passo 02: Valide sua ideia e, só então.. crie um MVP

No universo das startups, a agilidade é fundamental. Enquanto em empresas tradicionais a validação pode levar meses ou até anos, nas startups esse processo deve ocorrer de forma mais rápida, embora haja o risco de perder o timing para o lançamento de uma solução.

Esse é o momento de buscar o Product Market Fit, que consiste em estabelecer uma conexão entre a sua ideia de negócio e o cliente. Para alcançar isso, é essencial buscar responder a três perguntas principais:

  • Quais são as dificuldades do seu cliente?
  • Quais benefícios sua proposta irá proporcionar a ele?
  • O que é necessário fazer para que isso aconteça?

Após obter as respostas para essas perguntas, é possível perceber que a ideia ou proposta inicial pode não estar correta. No entanto, isso não é necessariamente ruim. Afinal, é melhor corrigir erros em estágios iniciais do que no mercado em si. Se for necessário, volte ao planejamento inicial e revise o projeto para melhorá-lo.

E qual o momento ideal para elaborar um Produto Mínimo Viável (MVP)?

Não é uma boa ideia para a maioria das startups simplesmente construir um produto mínimo viável (MVP) antes de ter a chance de validar sua ideia e hipóteses, mesmo que você já tenha conhecido seus clientes e público-alvo.

Conhecer seus clientes não é suficiente. Você precisa entender a perspectiva deles em relação à sua ideia.

O objetivo é verificar se o produto atende às necessidades dos clientes, seja resolvendo um problema, ensinando algo ou apenas oferecendo entretenimento. Você também precisa validar para superar qualquer resistência por parte dos clientes.

Isso permite que você compreenda as objeções deles em relação ao seu produto antes de investir muito tempo e dinheiro na criação do produto perfeito. A melhor maneira de confirmar se sua ideia é relevante é diretamente com clientes reais que estão dispostos a pagar.

É apenas nesse contexto que entra o Produto Mínimo Viável (MVP). O MVP, de forma simplificada, é um protótipo utilizado para validar as hipóteses apresentadas anteriormente. Na verdade, o desenvolvimento do MVP pode ocorrer simultaneamente ao processo de busca pelo Product Market Fit.

Além disso, é recomendado definir o modelo financeiro da startup nesse momento, ou seja, como você irá gerar receita. O próprio MVP pode ser uma solução monetizada, permitindo que você teste a viabilidade financeira do projeto.

Passo 03: Elabore seu Plano de Negócios

Para estabelecer uma base sólida para a implementação e crescimento da startup, é necessário dedicar-se a um bom plano de negócios.

Este será seu guia detalhado das estratégias, metas, orçamento e cronograma de ações e também será útil para apresentar sua ideia a possíveis investidores ou parceiros. Por isso, certifique-se de que seu plano de negócios seja claro, conciso e realista.

Um plano de negócios é um documento fundamental para definir a estratégia e a visão da sua startup. Ele deve incluir informações sobre o mercado, análise da concorrência, modelo de negócios, estrutura organizacional, estratégias de marketing e projeções financeiras. 

Lembre-se de que este documento pode e deve ser flexível e passível de ajustes. Será o roteiro inicial que direciona os esforços da startup, aumenta as chances de sucesso e transmite confiança aos investidores e parceiros em potencial.

Aproveite para fazer seu plano de negócios totalmente online no Portal do Sebrae RN

Passo 04: Monte uma equipe talentosa e comprometida

Uma equipe competente e engajada é essencial para o sucesso de qualquer startup. Identifique as habilidades necessárias para o seu negócio e busque profissionais qualificados. Procure pessoas com conhecimentos complementares aos seus e que compartilhem a visão da empresa. 

Uma equipe diversificada pode trazer diferentes perspectivas e ideias, enriquecendo o processo de desenvolvimento do negócio. De nada adianta elaborar um plano de negócios minucioso se você não puder contar com uma equipe motivada e qualificada para colocá-lo em prática.

Conheça a Trilha Lidere Talentos e aprenda os segredos para gerir uma equipe de sucesso

Passo 05: Busque fontes de financiamento

Para conseguir financiamento para sua startup, é importante explorar diferentes fontes de recursos. Uma opção é buscar investidores que estejam interessados em apoiar sua ideia e contribuir financeiramente para o crescimento da empresa. 

Outra alternativa é buscar empréstimos junto a instituições financeiras, que podem oferecer capital inicial para impulsionar o negócio. 

Investimentos coletivos, como campanhas de crowdfunding, também podem ser uma excelente opção. Nesse modelo, você apresenta sua ideia em uma plataforma online e pessoas interessadas podem contribuir com dinheiro em troca de recompensas ou até mesmo participação acionária na empresa.

Além disso, considere a possibilidade de buscar fundos de venture capital, que são fundos de investimento especializados em startups promissoras. Esses fundos podem fornecer capital e, muitas vezes, também oferecem orientação estratégica e conexões valiosas para ajudar no crescimento do seu negócio.

Lembre-se de preparar um bom plano de negócios, destacando o potencial da sua startup e demonstrando como o financiamento será utilizado para impulsionar o crescimento. Esteja preparado para apresentar sua ideia de forma clara, convincente e empolgante, mostrando o valor único que sua startup oferece aos investidores em potencial.

Passo 06: Estabeleça parcerias estratégicas

Estabelecer parcerias estratégicas pode ser fundamental para impulsionar o crescimento e o sucesso da sua startup. Ao buscar por empresas ou pessoas que possam oferecer recursos, conhecimentos especializados ou acesso a novos mercados, você pode potencializar o desenvolvimento da sua startup. 

Essas parcerias podem se manifestar em diferentes formas, como acordos de distribuição, colaboração em pesquisa e desenvolvimento, compartilhamento de recursos ou até mesmo investimentos. Ao estabelecer conexões valiosas e aproveitar sinergias, é possível fortalecer a posição da sua startup no mercado e aumentar as chances de alcançar o sucesso desejado.

Além disso, o Sebrae pode desempenhar um papel relevante nesse processo! 

Oferecemos diversas consultorias estratégicas e apoio técnico para startups, auxiliando em diversas áreas, desde a elaboração de planos de negócios até a identificação de parcerias. Com a expertise do Sebrae, você pode contar com um suporte especializado para tomar decisões mais assertivas e aproveitar ao máximo as oportunidades de parcerias estratégicas para o crescimento da sua startup.

Por aqui você também encontra cursos, eventos e treinamentos específicos para capacitar empreendedores e profissionais em áreas como marketing e vendas. E falando em eventos, temos um super convite:

Não fique de fora do GO!RN, o maior evento de empreendedorismo inovador, startups, tecnologia e transformação digital do estado! Essa é uma excelente oportunidade para se conectar com mais de 40 startups inovadoras, explorar conhecimentos em diferentes segmentos, participar de gamificação com desafios emocionantes e aprender com os principais players do mercado. 

O evento ocorre nos dias 3 e 4 de novembro e as inscrições já estão abertas no site www.gorn.com.br/

Compartilhe

Sobre o autor

Ana Débora

Ana Débora

Graduada em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, especialista em Gestão de Pessoas e Marketing. Atua na Unidade de Soluções e Relacionamento e é gestora das Mídias Sociais do Sebrae/RN.

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.